Relação ou competição?

Quando estamos numa relação afetiva podemos cair em dinâmicas neuróticas que nos levam a competir com o parceiro.

A competição tensiona as relações afetivas e afasta pessoas que sentem afeto uma pela outra. Isso ocorre porque as neuroses infantis falam mais alto do que os afetos e a neurose sobrecarrega a relação.

banner-curso-funcao-materna_728x90

Para uma relação afetiva saudável é importante que o casal entenda suas próprias neuroses individuais e aceitem os limites um do outro.

Com uma boa comunicação, o casal pode progredir e estreitar a parceria e a cumplicidade. Assim como um pode auxiliar o outro num amadurecimento emocional individual também.

As neuroses transferidas aos parceiros podem ser tratadas em terapia de casal ou individualmente, com o auxílio de um psicólogo.

Um comentário sobre “Relação ou competição?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s